Estruturas fundiárias e seus impactos na estratificação e desigualdades sociais. Manifestações da questão social no espaço rural e urbano do Brasil. Concentração de renda e da propriedade. Sujeitos sociais, reforma agrária e lutas nos contexto urbanos e rurais.

Elaboração, implementação/implantação de ações interventivas na realidade sócio-institucional voltadas para o atendimento das demandas postas. Desenvolvimento de competências profissionais, nas dimensões teórico-metodológicas, ético-políticas e técnico–operativa com relação a: formulação de estratégias de ação, definição dos instrumentais de trabalho, reconstrução dos objetos de intervenção, avaliação dos produtos de trabalho, condução de atividades investigativas, formas de atuação profissional e condução de registros técnicos.

As Atividades Complementares consistem na participação em eventos, tais como: seminários, palestras, semanas acadêmicas, conferências, atividades culturais, atividades de iniciação científica.

Bases sócio-econômica e ideo-política sobre meio ambiente, trabalho escravo e trabalho infanto-juvenil, populações de rua e em situação de risco social (crianças e adolescentes e outros grupos sociais), saúde e assistência social.